Obituário de Olavo de Carvalho em charges

Autor:
Redação

Seção:
Exposições

Publicado em:
31 de Janeiro de 2022

Tempo de leitura:
2 minutos

Obituário de Olavo de Carvalho em charges

Por: Redação

O escatológico astrólogo virginiano (morador da Virgínia - EUA) Olavo de Carvalho faleceu dia 24 de janeiro de 2020 aos 74 anos. Seus livros influenciaram e incentivaram muitos ignorantes a manifestarem publicamente - e orgulhosamente - a burrice coletiva; autointitulado filósofo foi uma espécie de "ideólogo" da extrema-direita brasileira e apoiador do governo Bolsonaro; anticomunista, terraplanista, criacionista e possuidor de um vasto repertório de palavrões, costumava exercer o dom da ofensa pelas redes sociais e tinha lá seus seguidores.

Aliás, sua própria morte foi marcada por uma ironia macabra; militante antivacina espalhava em suas redes absurdas teorias conspiratórias; hora dizia que o vírus da COVID-19 fora uma invenção chinesa, em outros momentos afirmava que a pandemia não existia sendo apenas uma mentira contada pela imprensa e que não havia uma única morte causada pelo vírus (as mortes teriam ocorrido por outros males e atribuídas ao COVID). O fato é que oito dias após ser diagnosticado com COVID ele morre em um hospital da Virgínia. A causa morte não foi oficialmente divulgada mas sua filha Heloísa afirma que foi decorrência da COVID.

Se tinha apoiadores, tinha muito mais críticos; um dos memes que mais circulou pela internet, cuja autoria se perdeu em meios aos algoritimos, dizia que "todos os filósofos o achavam um idiota e todos os idiotas o achavam um filósofo". Com um currículo desta magnitude, obviamente, sua morte inspirou vários chargistas a produzir peças de humor gráfico a altura (ou baixeza) da personagem.

A Revista Pirralha reuniu algumas destas charges e publica uma página especial em "deshomenagem" ao reacionário guru.

VEJA A PÁGINA ESPECIAL COM AS CHARGES

Arte de abertura reproduzida a partir de manipulação de foto do blog de Olavo de Carvalho