Lancellotti: cavaleiro da távola solidária

Autor:
Redação

Seção:
Charge & cartum

Publicado em:
8 de Janeiro de 2024

Tempo de leitura:
7 minutos

Padre Júlio Lancellotti, alvo da fúria da direita, acolhe o pova da rua em nome de Cristo (foto: autoria não conhecida - rede social do religioso)

Lancellotti: cavaleiro da távola solidária

Por: Redação

O Padre Júlio Lancellotti, Vigário para o Povo de Rua da Arquidiocese de São Paulo, foi alvo de um pedido de criação de uma Comissão Parlamentar de inquérito (CPI) na Câmara de Vereadores de São Paulo. O pedido foi protocolado no início de janeiro pelo vereador Rubinho Nunes, do partido União Brasil e ex-integrante do Movimento Brasil Livre (MBL), grupo da direita radical criado em 2014.

O objetivo alegado da CPI seria o de fiscalizar as ONGs que recebem financiamento público e atuam em programas sociais e se ocorreria “exploração” dos dependentes químicos. Mas, segundo informações divulgadas nos primeiros dias do ano, a iniciativa na verdade pretenderia investigar a atuação do padre Júlio Lancellotti que foi associado pelo vereador a uma suposta “máfia da miséria”. O presidente da Câmara Municipal, Milton Leite (também do União Brasil), reforça as acusações afirmando ter recebido acusações – as quais não divulgou – de “extrema gravidade” contra o sacerdote. Além do religioso, estariam na mira do vereador duas entidades; o Centro Social Nossa Senhora do Bom Parto (Bompar) e o coletivo Craco Resiste.

Toda esta história resultou em protestos dos setores progressistas que viram a iniciativa como uma perseguição política infundada, em uma onda de solidariedade ao padre Júlio Lancellotti e fez com que vários vereadores retirassem seu apoio à iniciativa alegando terem sido enganados pelo colega que não deixara claro em seu requerimento as reais intenções da CPI.

Agora a própria iniciativa pode ser cancelada mas os artistas da Revista Pirralha não deixaram passa a oportunidade e se mobilizaram para, através do humor gráfico, comentar e analisar o episódio. O resultado você confere a seguir

Clique na imagem para ampliar


Thiago


Zé Dassilva


Paulo Batista


Gemildo


1000ton


Guto Camargo


Bira Dantas


Aurélio


Mário


Paulo Capilé