A charge militante de Hércules chega ao fim

Autor:
Redação

Seção:
Desenhistas

Publicado em:
24 de Novembro de 2021

Tempo de leitura:
2 minutos

A charge militante de Hércules chega ao fim

Por: Redação

O chargista Hércules Sanches faleceu dia 22 de novembro na cidade de Santos – SP, vítima de um ataque cardíaco. Sua trajetória como desenhista de humor se deu totalmente no interior do movimento sindical e partidário – foi ligado ao Partido dos Trabalhadores – onde exercia a militância política, aliás, condição que fazia questão de deixar claro em suas publicações.

O traço de Hércules foi visto na Folha Bancária (Sindicato dos Bancários de São Paulo), no jornal Boca no Trombone (Associação de Moradores de Vila Reis e Jardim Planalto, na Zona Leste – SP), Jornal PT em Movimento (Diretório Municipal do PT – São Paulo), no Portal e na revista Linha Direta (Diretório Estadual do PT – SP). Ele também fez charges para a Central Única dos Trabalhadores (CUT), o informativo Boca Na Turbina (Sindicato dos Aeroportuários) e várias organizações sociais.

Filho de um escriturário e de uma dona de casa, sua habilidade com o desenho despertou em seu pai a esperança que ele se tornasse desenhista projetista em uma das fábricas do cinturão industrial de São Paulo, mas a agitação política que testemunhou na adolescência em Santo André, particularmente na Vila Palmares onde residia, o encaminhou para a militância a qual ele conciliou com sua vocação para o desenho.

Em mais de trinta anos de atuação como chargista e militante acompanhou e ilustrou greves e manifestações, fez inúmeros amigos no mundo político, principalmente na região do ABCD paulista (Santo André, São Bernardo, São Caetano e Diadema) onde o PT conquistou várias prefeituras ao longo dos anos.