Desenhistas

A obra e a carreira dos artistas do traço e do humor gráfico

Pará fica sem o desenho de João Bento

Redação

O cartunista e ilustrador paraense João Bento de 61 anos morreu no dia 21 de abril em decorrência de um AVC. Ele trabalhou em jornais no estado, ilustrou e fez capas para livros de escritores paraenses e foi o artista responsável pela criação dos murais no hall da gibiteca da Fundação Cultural do Pará.

Uma punk-homenagem para Angeli

Redação

Por sugestão do chargista Brum um grupo de desenhistas homenageou o Angeli por ocasião de sua aposentadoria forçada por uma doença degenerativa. Cada artista criou uma arte em sua homenagem e a publicou com a hashtag #obrigadoangeli que foram reunidas em uma página do Instagram.

O mais carioca dos gaúchos partiu

Redação

Morreu aos 68 anos, na madrugada do dia 18 em decorrência de hemorragia digestiva e infarte, o cartunista, chargista, ilustrador e jornalista Aliedo Kammar. Nascido em Porto Alegre começa a carreira como ilustrador publicitário, passa para o jornalismo e se incorpora a equipe do Jornal do Brasil.

Quando as forças estão armadas

Redação

As Forças Armadas tem colaborado com os chargistas fornecendo matéria-prima para inspirar seus desenhos. Uma série de situações serviram de mote para as piadas gráficas dos artistas; a aquisição de comprimidos de Viagra, a compra de próteses penianas, botox e gel lubrificante .

Elifas Andreato; o desenhista da MPB!

Redação

Elifas Andreato faleceu dia 28 de março aos 76 anos em decorrência de complicações de um enfarte, ilustrador, artista gráfico e pintor - foi o maior capista brasileiro da era do vinil, chegando a ilustrar mais de 360 capas de Long Plays (LP) para os grandes nomes da Música Popular Brasileira.

Chargistas lembram o amigo Luscar

Redação

O chargista Luscar (Luis Carlos dos Santos) morre em São Paulo aos 73 anos vítima de um câncer. Em 50 anos de carreira, iniciada em 1968, Luscar fez de tudo um pouco no campo do humor gráfico e do cartum, mas ficou conhecido pelo Drº Baixada, um personagem que vivia a violência do Rio de Janeiro.